ABIN: inteligência ou espionagem? | com Guaracy Mingardi | 212

Mais um capítulo dos ataques bolsonaristas à democracia se desenrolou nos últimos dias. Primeiro foi uma operação da Polícia Federal, realizando busca e apreensão em endereços ligados ao deputado federal do PL e ex-diretor geral da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) no governo Bolsonaro, Alexandre Ramagem.



Segundo as investigações da PF, Ramagem teria comandado um esquema de espionagem de opositores e desafetos de Jair Bolsonaro, levantado informações para auxiliar a defesa do senador Flávio Bolsonaro no caso das "rachadinhas" da ALERJ, e ainda feito um dossiê sobre problemas judiciais que afetavam adversários eleitorais do vereador Carlos Bolsonaro no Rio de Janeiro.



Na semana seguinte o próprio Carlos Bolsonaro, vulgo Carluxo, tornou-se objeto de uma nova operação de busca e apreensão da PF em endereços ligados a ele. A polícia foi inclusive à casa de praia de Jair Bolsonaro em Angra dos Reis, onde estava Carluxo, seu pai e seus dois irmãos políticos, para coletar possíveis provas dos ilícitos.

O esquema de espionagem da chamada "ABIN paralela" (ou "inteligência paralela") de Bolsonaro revela mais um espaço de captura da máquina estatal para fins pessoais ou facciosos de natureza autoritária. Contudo, seu desvelamento lança luz também sobre como operam (ou podem operar) órgãos de inteligência no Brasil.

Afinal de contas, eles produzem informação e análise, ou realizam espionagem para fins escusos? Por que esse tipo de situação ocorre? O que significa a presença massiva de militares e policiais em órgãos de inteligência de natureza civil desvinculados da área de segurança pública?

Para discutir tais temas este #ForadaPolíticaNãoháSalvação recebe o cientista político e analista criminal Guaracy Mingardi. Ele é pesquisador do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, tem larga experiência profissional nas áreas de segurança e inteligência em diferentes órgãos estatais nos três níveis de governo e é autor do livro "Tiras gansos e trutas: cotidiano e reforma na polícia civil", da editora Scritta, hoje esgotado.


As músicas deste episódio são "Covert Affair - Film Noire", de Kevin MacLeod, e "Spy Funk, de Quincas Moreira".


Leia o blog do #ForadaPolíticaNãoháSalvação no site da CartaCapital.


Apoie o e ajude o canal e o podcast a se manter e a melhorar!


Apoiadores contarão com agradecimentos nos créditos dos episódios (claro, desde que desejem) e terão acesso a brindes relacionados ao tema do canal: a política.

Agradecemos aos apoiadores do #ForadaPolíticaNãoháSalvação, Beth de Brasília, Antônio Silva, George Gould, Cláudio Garcia, Maria D'Ajuda Goes Almeida, Cláudio Graziano Fonseca, Camilo Rodrigues Neto, Pedro Raul de Paula Goes, Gustavo Sousa Franco, Clalter Rocha Melgaço, Angelo Roberto Neia Meneghelo, David Ribeiro dos Reis, José M. V. Freitas, Rodolfo Nogueira da Cunha, Paulo Roberto Delgado, Edson Baeta, Antonio Silva, Maria da Conceição Viana, Erika Cunha, Ele Roberto Menezes de Melo, Carla Rodrigues, Clarice Myiagi, Janderson Campos, Marcelo Siano e Otavio Camara Sant'Anna, bem como a todos e todas que têm apoiado por meio do botãozinho do "Valeu Demais". 💛🧡💛🧡💛🧡


Há quatro formas possíveis de apoio.


1. Valeu Demais: Fazendo uma doação pelo botão botão do coraçãozinho ❤️ do "Valeu" no YouTube. Você determina o valor.

2. Clube dos Canais: Tornando-se membro do canal 🥇no Clube dos Canais do YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCbSOn9WtyJubqodDk_nL1aw/join

3. Benfeitoria: Fazendo uma assinatura simbólica 🗞️ do #FPNS no Benfeitoria.com: https://benfeitoria.com/projeto/ApoioForadaPoliticaNaohaSalvacao

4. PIX: Por meio de PIX 💰. Chave PIX: ✉️ contato@foradapoliticanaohasalvacao.info


#Espionagem #Inteligência #Abin #Democracia #Bolsonarismo #Autoritarismo #ExtremaDireita

#Política #AnálisePolítica #ConjunturaPolítica #CiênciaPolítica 













 

Comentários

As mais lidas

As falas do presidente e outras falas | com Nara Pavão | 171

Que presidencialismo é esse? | com Andréa Freitas | 181